SAF DENDÊ TRANSFORMANDO VIDAS E PAISAGENS

Antes de conhecer o Projeto SAF DENDÊ, como muitos agricultores familiares na região de Tomé Açu - PA, Argemiro Brandão possuía apenas produção de pimenta-do-reino na estaca e dendê solteiro em 10 ha aos moldes das empresas dendeicultoras. Até então não havia ousado em fazer uma cultura consorciada ou mesmo mais diversificada, incluindo outras espécies comerciais e alimentares. A oportunidade de plantar dendê em SAFS lhe pareceu conveniente para aproveitar uma área que alagava e em que o cultivo de pimenta não estava indo bem. Como os boatos diziam que o cultivo de dendê era inviável com outras espécies, esse tipo de cultivo não era algo próximo de sua realidade. No entanto, dado o desempenho ruim da sua produção de pimenta e interessado na possibilidade de otimizar o uso da área gerando renda e alimentos para família, Argemiro optou por aceitar a oportunidade para fazer uma Unidade Demonstrativa apoiada pelo projeto SAF DENDE. Experimentar esta outra forma de plantar dendê no Sistema Agroflorestal lhe permitiu continuar com a pimenta e ainda cultivar na mesma área árvores nativas e frutíferas associadas a plantas que ajudam a recuperar os solos. Isso tudo Argemiro fez sem experiência anterior em SAFs, mas com incentivo e apoio do projeto.  E em poucos meses, os resultados já começaram a aparecer, com o plantio e colheita do milho e as pimentas voltando a “cachear” novamente. As mudas de cacau e taperebá crescem viçosas, junto com as outras plantadas como adubadeiras, algo surpreendente para ele. O alagamento foi menos problemático na sua área de SAF Dendê, mesmo em vista que as chuvas foram mais intensas após a implantação do sistema, mostrando que foi uma ótima aposta optar por esse sistema produtivo.

Através do projeto SAF Dendê, Argemiro pôde presenciar sua produção sendo alavancada em uma área que ele considerava como perdida, e agora ele tem uma floresta produtiva em evolução.  Argemiro já serve de exemplo e incentivo na comunidade em que vive, onde seu vizinho Dugés no ano seguinte já implantou uma parcela de SAF Dendê, somando-se a outros 12 agricultores apoiados pelo projeto. Juntos, eles formam uma rede de agricultores agroflorestais, ou “Safistas” como alguns se intitulam, que já colhem de outras culturas junto ao dendê, ato este, considerado “loucura”, impossível há alguns anos na região. 

O Projeto SAF Dendê é fruto de uma Aliança entre a Cooperativa Agrícola Mista de Tomé-Açu (CAMTA), Centro Mundial de Pesquisa Agroflorestal (ICRAF), Natura Cosméticos e Inovação (Natura) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), e conta com apoio da USAID.

Desenvolvimento da UD 06 - Sr. Argemiro
(2017 a 2020)

Apresentação  sobre as ações de pesquisa do ICRAF no âmbito do Projeto SAF Dendê.

© Desde 2019 por ICRAF Brasil.